sexta-feira, 12 de maio de 2017

“Cientificamente falando” sobre postura com crianças!





Uma criança apenas deveria carregar às costas o equivalente a 10% do seu peso corporal. Infelizmente, e tendo em conta o número de manuais escolares e não só, o peso que transporta, por vezes, é o dobro. Errado!
São várias as questões que se levantam, cada vez que uma criança suporta este peso no seu frágil corpo, que ainda se encontra em formação. As alterações posturais, em especial aquelas relacionadas com a coluna vertebral, têm início na fase do crescimento e podem afetar crianças e adolescentes em fase escolar.

A Physioclem participa com frequência em atividades de sensibilização nas escolas da região. Desta vez, a convite do polo da Universidade de Coimbra em Alcobaça, no âmbito do projeto “Cientificamente falando”, estamos a percorrer as escolas do concelho de Alcobaça e de outros limítrofes, nomeadamente nomeadamente, Rio Maior, Caldas da Rainha, Alenquer. 

Recentemente, a nossa fisioterapeuta Sara Lourenço deslocou-se à EB1 de Alfeizerão e de São Martinho do Porto. “As crianças ouvem com atenção tudo o que dizemos e corrigem a postura. Querem todas pesar as malas. A sensação que trago sempre comigo é que ficam em alerta”, explica. Porém, deixa o aviso: “É importante repensar o peso que as crianças transportam diariamente, dado que não é, de todo, saudável”.

























Sem comentários:

Enviar um comentário