terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

A Nossa Opinião - Fratura de Colles





"O meu filho fez uma fratura de Colles e usou gesso durante quatro semanas. Precisa de fazer fisioterapia?"

Em todo o tipo de fraturas, não só neste caso específico de fraturas de antebraço/punho, a imobilização com gesso provoca um série de alterações.


Em norma, o processo de consolidação óssea ocorre no período da imobilização. Todas as estruturas circundantes estarão alteradas. Durante o período de imobilização, as articulações do ombro, cotovelo e punho vão ter uma mobilidade muito reduzida ou mesmo nula, o que provocará uma diminuição da força e volume muscular, tensão nos ligamentos e diminuição da mobilidade das articulações.

Deste modo, a fisioterapia tem um papel muito importante na fase inicial pós-imobilizacao para melhorar a mobilidade das articulações e corrigir a tensão ligamentar e muscular. Contudo, o principal papel passa por orientar o paciente, incluindo fornecer exercícios e alongamentos a realizar em casa. Com este trabalho a evolução torna-se mais rápida e o risco de compensações e lesões associadas diminui. 



Sem comentários:

Enviar um comentário