sábado, 29 de setembro de 2012

Massajar o bebé faz bem a toda a família





Vários estudos têm demonstrado os benefícios da massagem tanto para o bebé, como para a mãe. Todos os bebés podem receber a massagem.
A massagem deverá ser efetuada num local confortável, com temperatura ajustada, nomeadamente, à idade do bebé. Para que o momento seja vivido intensamente, deverá ser feita com calma e com tempo.
Os benefícios da massagem no bebé são vários:
Respiração;
Choro;
- Sono;
- Cólicas;
- Gases;
- Relaxamento.
Há ainda estudos que comprovam melhoria da depressão pós-parto, em grupos de mãe, que faziam a massagem do bebé com regularidade, aumentando ainda mais o vínculo mãe-filho.
Se está numa fase assim, aproveite para se mimar(em).
Underdown A, Barlow J, Chung V, Stewart-Brown S. (2006)
Massage intervention for promoting mental and physical health in infants aged under six months.


Cefaleia: qual a origem?





A Cefaleia (dor de cabeça) de tensão é a forma mais comum de cefaleia e, praticamente, todas as pessoas a tem, de vez em quando. Embora não seja grave, é difícil de ser suportada e pode mesmo limitar uma pessoa no desempenho das suas tarefas do dia a dia, prejudicar o seu rendimento no trabalho e perturbar a sua interação social e familiar. Esta situação pode durar poucos minutos a vários dias a passar. A frequência das crises varia muito de pessoa para pessoa. Em alguns casos, é ocasional, noutros quase diário.

A causa da tensão muscular, que provoca a dor, pode estar associada a tensão emocional (ansiedade, stress, preocupação, depressão) ou tensão física (más posturas, gestos repetidos, modificação do movimento normal no ombro ou levantamento de objetos pesados).

Para lidar com este problema, preocupe-se em descobrir a causa. Se não conseguir, procure ajuda.

Relaxar e saber lidar com o stress é fundamental. O exercício regular é um excelente meio de prevenção/tratamento. Se precisar de recorrer a medicamentos, aconselhe-se com o seu médico, para evitar erros ou sobredosagem.

Saiba que este problema é possível de tratar com um fisioterapeuta especializado ou com osteopatia.

Contacte-nos, para que possamos ajudar.